Produtos 100% amazônicos!
 
Belém/PA -
 
  
MODO DE PREPARO
No preparo dos chás de miraruira, unha de gato, uxi amarelo e marapuama há a necessidade de fever os referidos produtos pelo tempo mínimo de 20 minutos, utilizando o fogo brando (baixo). Observe que são 20 minutos de fervura, não de fogo e o produto deve ser colocado na panela desde o inicio do processo. Desta forma você terá um chá mais apurado e seu aproveitamento será melhor.


Existem outras formas de se preparar um chá dependendo da resistência do material a ser utilizado.

a) POR TISANA:
Põe-se água a ferver e, quando estiver fervendo, acrescentam-se as ervas. Tapar denovo. Ferver mais uns cinco minutos e tirar do fogo. Repousar alguns minutos, bem tapado. Coar e servir.

b) POR INFUSÃO:
Esta forma consiste em despejar água fervendo sobre as ervas, numa vasilha , e deixá-las repousar bem tapadas durante uns dez minutos. Para este preparo são mais apropriadas as folhas e flores. Os talos e raízes também podem ser preparados por infusão, mas devem ser picados bem fino e ficar em repouso.

Depois de se deitar água fervendo em cima durante uns vinte ou trinta minutos.

c) POR DECOCÇÃO:
Deitam-se as ervas em uma vasilha e verte-se água fria em cima. A duração do cozimento pode variar entre cinco e trinta minutos, dependendo da qualidade das ervas empregadas. Flores, folhas e partes tenras basta cozer cinco a dez minutos. Partes duras – raízes, cascas, talos e talos – devem ser picadas em pedacinhos e cozidas entre 15 e 30 minutos. Tira-se a vasilha do fogo e conserva-se tapada durante alguns minutos mais. Depois côa-se. Esta forma é mais recomendável para cascas, raízes e talos.

d) POR MACERAÇÃO:
Pôr de molho as ervas em água fria, entre 10 a 24 horas, segundo o que se emprega. Folhas, flores, sementes e partes tenras ficam entre 10 e 12 horas. Talos, cascas e raízes brandos, picados, entre 16 e 18 horas. Talos, cascas e raízes duros, picados, 22 e 24 horas. Coar depois de pronto. O método da maceração oferece a vantagem de que os sais minerais e as vitaminas das ervas são aproveitadas.

Importante! Saiba que os chás não são só para fins medicinais, eles podem ser servidos também como bebida quente ou fria.

Como as raízes, talos e cascas requerem mais tempo que as flores, folhas e partes tenras, recomendamos que estas sejam guardadas em separado daqueles. Pelo mesmo motivo, o preparo também deve ser feito em separado.

Isto é, flores e folhas não se cozinham juntamente com talos, raízes e cascas. Assim como não se cozinha o arroz junto com o feijão.

Para preparar os chás nunca devemos empregar utensílios de metal. Dê preferência a panelas de barro, louça ou esmaltados. O mesmo vale também para o preparo de sucos de frutas e verduras. Nunca devemos deixar uma colher de alpaca ou outro metal no chá ou suco, pois ela oferece perigo para o produto.

Os chás fermentam de um dia para outro. Por isso, deve-se preparar apenas a porção necessária para um dia. Não se deve tomar chás ou outras bebidas quaisquer, nem água juntamente com as refeições. O ideal é consumi-los uma hora antes ou duas horas depois. Assim, os líquidos tomados na refeição não dificultam a digestão.

Fonte: Balbach, - Plantas que Curam – Itaquaquecetuba, SP: Editora Missionária, 1992.

« Voltar
 
 
LiveZilla Live Chat Software
 
 
 
 
A Moreninha - Natural da Amazônia
Trav. 1º de Março, 148
(Entre 28 de Setembro e Santo Antônio) - Comércio